Blog

Dados confiáveis podem impulsionar negócios

17 de julho de 2017


Share

Dados são fundamentais para uma empresa e a qualidade dessas informações é indispensável para o sucesso de uma boa ação de marketing. Não é por acaso que 86% das organizações brasileiras acreditam que os dados são parte integral da formação de uma estratégia de negócios. Segundo pesquisa feita pela Experian entre outubro e novembro do ano passado, claramente as informações têm potencial para transformar uma organização, mas apenas as mais confiáveis podem transformá-la para melhor.

O estudo ouviu mais de 1.400 pessoas em oito países, incluindo o Brasil. Confira alguns dos principais resultados.

Por que as empresas utilizam dados?

• No Brasil, 79% das empresas utilizam os dados para melhorar o atendimento e proporcionar melhores experiências. A segunda maior parte, 59%, utiliza dados para aumentar os rendimentos.
• No mundo, a ordem é inversa. A maior parte das empresas (61%) utiliza dados para aumentar os rendimentos. A segunda maior parte (56%) tem o objetivo de atender melhor os consumidores.
• 39% das empresas do mundo usam dados para aumentar os esforços de marketing. No Brasil, a fatia é praticamente igual – 40%.
• 72% dos entrevistados do Brasil acreditam que a qualidade de dados estimula a confiança do consumidor.

Analisando os resultados, o estudo indica que as empresas estão, em geral, usando dados para se tornarem mais eficientes em suas operações e expandir suas oportunidades de negócios existentes.

O estudo também aponta que, até 2020, 87% das empresas do Brasil pretendem basear as principais decisões de vendas em dados dos clientes. É por isso que, cada vez mais, elas estão preocupadas também em melhorar a qualidade das informações que possuem.

Por que as empresas brasileiras mantêm dados de alta qualidade?

• 59% fazem isso em busca de maior eficiência
• 53% para aumentar a satisfação dos consumidores ou cidadãos
• 46% para obter economia de custos

Apenas 23% das empresas responderam que mantêm dados de alta qualidade para ter uma visão de cliente única, o que, segundo o estudo, é um ponto crítico para oferecer uma excelente experiência ao consumidor.

O estudo destaca ainda que os únicos dados que valem a pena são os confiáveis. Ou seja, enquanto a maioria das organizações ao redor do mundo afirma que os dados suportam seus objetivos de negócios, menos da metade (44%) confia nas suas próprias informações para tomar decisões importantes de negócios. No Brasil esse percentual é de 62%. A conclusão é problemática já que a diminuição da confiança na integridade dos dados significa que o processo de tomada de decisão estratégica pode se tornar muito mais nebuloso e, potencialmente, levar a situações de alto risco.







Anterior