Blog

Prepare-se para o Dia dos Pais e aumente suas vendas

10 de julho de 2017


Share

Celebrado oficialmente no Brasil desde agosto de 1953, o Dia dos Pais sempre foi uma data importante no calendário do varejo. Apesar disso, a data não ficou imune à retração de vendas observada pelo comércio nacional em 2016.

De acordo com a Serasa Experian, no final de semana do Dia dos Pais de 2016 a queda nas vendas foi de 8,7% na comparação com o mesmo período em 2015. Para evitarmos mais um ano com queda, confira algumas dicas para ajudar a impulsionar as vendas nesta data.

1 – Aposte no digital
Mesmo que o desempenho do varejo como um todo tenha sido ruim, dados indicam que o comércio eletrônico se saiu melhor. No dia dos Namorados, por exemplo, o e-commerce faturou R$1,71 bilhão, alta de 5,1% frente a 2016, aponta a Ebit, empresa referência em informações sobre o comércio eletrônico brasileiro. O número de pedidos cresceu 7,2%, para R$ 4,07 milhões, e o tíquete médio foi de R$ 420.

2 – Conheça o seu público
Com o e-commerce você pode analisar mais facilmente as interações com sua marca para melhorar o entendimento sobre seu público. Você consegue identificar, por exemplo, a idade média das pessoas, o que os consumidores mais ativos procuram no site e de quais classes sociais eles são. Com isso, você pode até antecipar necessidades que ele ainda não sabe que vai ter. Quando a tecnologia trabalha lado a lado com a criatividade, os resultados tendem a ser muito mais efetivos.

3 – Invista na qualidade dos dados
Falando em tecnologia, cuidar da qualidade dos dados que serão utilizados é fundamental para qualquer negócio. Assim, esteja certo de que você tem as informações necessárias para conhecer o seu consumidor e também se certifique de que elas estão atualizadas, unificadas e prontas para uso.

4 – Segmentar também é muito importante
Conhecendo seu consumidor você pode segmentar seu públicos e criar comunicações personalizadas para interagir de forma eficiente com cada um deles. Lembre-se “uma comunicação criada para todos corre o risco de falar com ninguém”.

5 – Seja omnichannel
Segmentação, contudo, não quer dizer que você não deva ativar todos os canais que tem à disposição para falar com seu público. Pelo contrário: do e-mail marketing às redes sociais é importante que a sua marca fale com o consumidor e conte a ele uma história consistente, independentemente do canal que escolher para conduzir essa conversa. Mas atenção: fale com pessoas e não com dispositivos.







Anterior